Dia das mães 

O dia das mães é uma data comercial mas tem um grande significado para todos  nós.
Acredito que todos os dias é dia de festejarmos as mães, principalmente nesta pandemia que muitas mães estão sozinhas longe dos seus filhos e netos.
Para celebrar esta data entrevistei a empresária Thais Aguiar que sempre sonhou em ser mãe mas que adiava pois achava que não era a hora; “ Eu sempre tive um ritmo muito intenso de trabalho mas quando a Maria Ísis veio foi uma luz na minha vida. Eu já sentia que seria mãe de duas meninas e Ana Lua veio para completar nossa família.”
Com a chegada da pandemia, como ficou sua vida ?
Depois veio a pandemia e foi bem difícil ver ela crescer sem a família por perto. Acho que ser mãe de menina é um desafio enorme ainda mais nessa sociedade machista que vivemos. Eu busco elogiar minhas filhas para além da beleza, ressalto a inteligência e a coragem para que elas entendam que são bem mais do que apenas meninas bonitas, para que cresçam mulheres conscientes nesse mundo atual com sonhos e desejos mas com atitude e determinação.
Como foi este ano de pandemia para você conciliar o trabalho e a maternidade?
Eu fiquei desempregada em março  de 2020, o setor artístico desabou e fomos muito prejudicados, me vi sem opção, escolas fechadas. Teatros fechados, o convívio cerceado e eu não tinha ninguém para ficar com as meninas. Foi muito difícil. Comecei a pesquisar em como continuar trabalhando sem sair de casa e resolvi empreender no marketing digital, além de atriz também sou jornalista e publicitária, então criei minha agência @Aquinodigital.
Eu escolhi ser empresária e tocar sozinha o meu negócio, escolhi tomar a frente de diversos projetos profissionais, e também, em home office pude viver minha maternidade integralmente.
Os desafios do empreendedorismo são ainda maiores para as mães nessa pandemia, trabalhar com as crianças em casa é desafiador, mas seguimos tentando, com força e uma dose extra de paciência!
Foi uma escolha consciente para conciliar esses dois universos. Acredito que eu sou a única responsável pelas minhas escolhas, sou extremamente grata pelo privilégio de poder escolher mas empreender de forma responsável em tempos de isolamento e uma pandemia que não termina não é nada fácil. Estar em casa e dar conta de todas as demandas maternas e profissionais é um desafio diário.
Efetivar um planejamento estratégico sendo a principal cuidadora de duas crianças durante uma pandemia requer muito jogo de cintura, muita resiliência,
meditação, claro e amor.
O que representa o dia das mães para você ?
Nunca fui adepta a datas comerciais, mas depois que fui mãe esse dia se tornou especial, quem não gosta de ganhar aquelas lembrancinhas feitas na escola acompanhadas de um abraço quentinho dos filhos!
A maternidade me ensinou muito e me transformou de uma forma que eu nunca imaginei, sou extremamente grata por poder guiar essas duas menininhas e aprender todos os dias com elas.
foto divulgação  –  Gabriela Moura
%d bloggers like this: